10.1.07

Especial Grito de Verão apresenta-lhes entrevista(s) de Alexandre Soares Silva

Seguem alguns trechos de entrevista concedida pelo escritor e blogueiro ao blog Protosophos:

"Protosophos: Você declarou voto em Geraldo Alckmin. Ele era realmente um bom candidato ou foi a opção pelo menos pior? Qual é a sua visão sobre o quadro político ideal no Brasil?

Alexandre: Era o menos pior, claro. Queria evitar Lula, mas não tenho simpatia nenhuma nem por Alckmin nem pelo PSDB. Acho estranho quem gosta de político, quem se empolga com partido. Não sou libertário nem sou muito fanático pelo Estado Mínimo, mas é claro que o Estado brasileiro tem que ser bastante reduzido. Isso é óbvio e, dizendo assim, quase todo mundo concorda. É difícil encontrar uma pessoa hoje em dia que defenda, com essas palavras, um Estado Grande. Oh, não, antes um Estado Eficiente — um Estado Forte!, dizem como pequenos Conselheiros Acácios. Mas Estado Grande quase ninguém defende, na teoria. Todo mundo diz que o Estado brasileiro é grande demais, mas na prática acham que o Estado tem que assumir esta ou aquela boa causa e o resultado é o tamanho gigantesco dele, e o roubo e a incompetência grotesca. Sou a favor de quem privatizar (o que nem era o caso de Alckmin, como ele fez questão de dizer, horrorizado).

Protosophos: O que você pensa sobre leis de incentivo à cultura, como a Lei Rouanet?
Alexandre: O Estado tem notório mau-gosto, não tem? Não acho que as empresas sejam muito melhores. Acho que nenhum filme devia ser financiado pelo Estado, porque o mundo vive bem sem filmes brasileiros. Pior ainda com relação a livros, instalações, festival disso e daquilo. Não queria que nenhum centavo fosse gasto com isso e que empresa alguma recebesse incentivo pra financiar essas coisas. Mas entendo investimentos em orquestras e balés. Só isso. Orquestra e balé, e pára por aí.

Protosophos: Escritores definem destinos; pelo menos de seus personagens. Você acredita em algum "script" que nos guia?
Alexandre: Acredito que as pessoas tenham tendências gerais, uma propensão para isso ou para aquilo, mas nada que vá contra o livre-arbítrio."

Clique aqui para conferi-la na íntegra
..................................................................................

Extras:

*Entrevista dele à Folha de São Paulo

Trecho:

"Folha - O escritor Marçal Aquino disse ontem, em debate no Sesc Anchieta, de São Paulo, que 'todos os escritores hoje são de esquerda'. Comente.

Silva -
Mas claro, os escritores são de esquerda como os pintores usam boina e os psiquiatras cavanhaque, porque lhes disseram que é assim mesmo. Temo que alguns escritores bebam pelo mesmo motivo.

Ser de esquerda é uma coisa que aflige as pessoas que estão começando, apenas começando, a vida da mente (alguns conseguem pular esse degrau --sorte deles, eu não consegui; era vagamente pró-Chomsky uns anos atrás). Como os escritores de países como Gana ou Brasil estão, coletivamente, apenas começando a vida da mente e nunca avançando muito nela, são todos de esquerda mesmo. Começam a escrever, vixe, ficam logos obcecados com a vida nas favelas. É uma coisa."

*Conheça o blog do Alexandre Soares Silva. Recomendado por este doentio náufrago que vos escreve

2 Gritos:

Blogger leticia goncalves said...

Opa Laércio,

Nem sabia que esse blog estava ativo...

Decidi tirar férias nas postagens.

Mas olha vc aí. Q bom q tem gente q não deixa o grito ficar calado,rs.

Ah o verão...

Ps: vou ver se me inspiro em vc e volto a postar.
Abrçs.

15:41  
Blogger Laééércio! said...

Ei menina!

É... Posto algumas vezes para espanar as teias do blog... Muitas aranhas... muitas aranhas... rsrs

Aguardo suas palavras!

Abraço.

17:00  

Postar um comentário

<< Home

FREE hit counter and Internet traffic statistics from freestats.com