30.3.06

Don't call me white!

Não vou entrar aqui nesse post no mérito das cotas para raças dentre outros, nas universidades públicas, apesar de já ter a minha opinião muito bem formada quanto à isso. Quero apenas alertar para a hipocrisia de se considerar racismo atos contra uma raça, e não se considerar o mesmo quando apontados contra outra.

Um garotinho branco proferiu as seguintes palavras à sua professora numa escola nos EUA após se sentir discriminado por seus coleguinhas que tinham bolsas escolares, transporte gratuito, lanche de graça, etc (enquanto ele na mesma classe social de seus amiguinhos, num tinha direito à nada disso apenas por ser branco, enquanto os outros pertenciam à uma minoria):

"So go ahead and label me an asshole - cuz I can accept responsability for what I've done, but not for who I am"
(Então sigam em frente e me chamem de babaca - porque eu posso aceitar as responsabilidades do que eu fiz, mas não do que eu sou)

Isso é a cabeça de uma criança pensando... eu com meus 20 anos de idade penso da mesma forma que ele. Seria eu infantil? Ou as crianças em sua inocência tão se saindo mais sensatas que grande parte do povo adulto?

8 Gritos:

Blogger Laééércio! said...

Touché!

15:51  
Blogger Guga di Bigu said...

Sensato o post. Concordo contigo... Só pra salientar sou contra o tipo de cota a entrar em vigor. Sou a favor de cota sim, mas não no que se diz respeito a raça, mas sim à renda que por consequencia influi em escolaridade e por isso, do mesmo jeito influi em qualidade de ensino. Mas se quiserem equiparar as raças nas universidades (é fato o número de negros ser "insignificante"), proponho que cada uma de nós ( classe média universitária, que futuramente estará trabalhando e ganhando um ordenado que possa colocar nossos filhos em boas escolas - ? -) que nos casemos com mulheres negras e torçamos para que nossos filhos o sejam também. Assim poderemos atingir as ânsias do governo. o que acham? Tem umas mulata irada aê!
"Sô eterno aki nessa Brasílla , Sapinhooow!"

16:51  
Blogger Vitor Taveira said...

pra ter a igualdade é preciso tratar os desiguais com desigualdade

16:51  
Anonymous Anônimo said...

coitada da criança americana em questão na história...

melhor seria se ela fosse negra e vivesse no Brasil...

melhor ainda se fosse pobre, negra e vivesse no Brasil...

melhor ainda se fosse pobre, negra, vivesse no Brasil, e vendesse balas no sinal...

melhor, se fosse à passeata contra as cotas feita pelos estudantes de escolas particulares... ela venderia mtas balas...

e não falaria inglês...

23:11  
Blogger Letícia Gama said...

fala sério heim?!
É uma piada esse bando de falsos democratas se voltando para as "minorias"...
Eles têm é que atender à maioria...

A maioria das crianças brasileiras que não possuem acesso a uma educação digna
de país emergente... não quero muito, não disse uma educação de qualidade...somente um "educação digna de país emergente"... Menos, muito menos de 30% das crianças brasileiras têm acesso a rede pública que é uma m* ...aí surgem um monte de siglas FIES, FUNDEF, FUNDEB, bolsa-escola e políticas de cotas....
pqp

16:53  
Blogger Vitor Taveira said...

mas ai vc escolhe:
ou investe numa educação básica de qualidade ou numa universidade pública de ponta
pq os dois num dá não porque o governo ta pagando a dívida
aff
ninguem merece!

10:07  
Blogger Billie Wonder said...

educação básica de qualidade!

as coisas tem q ser feitas passo a passo.

foi assim q a coréia na década de 70 (qndo era um país de níveis econômicos e sociais parelho e até pior q o brasil) começou sua reestruturação.. após desenvolver uma boa educação básica, voltou-se para o nível superior..

o brasil quis fazer o caminho inverso, e tá do jeito q tá

13:33  
Anonymous Lucas Soares said...

Os senhores estão equivocados.
cerca de setenta por cento da população pobre brasileira é negra.
.É muito raro ver um mendigo branco,entretando a maioria é negro,isso significa q sim essas cotas são voltadas a grande maioria dos brasileiros pobres.Sou brasileiro,sou negro e tenho orgulho disso.
.E não existe nada mais justo aos meus irmãos depois de anos e anos de torturas,q vcs brancos nos concedam miseras bolsas de estudos.
.Como mais uma vez, uma forma de escapar de sua eterna pena por crimes contra a humanidade

14:44  

Postar um comentário

<< Home

FREE hit counter and Internet traffic statistics from freestats.com